1922: A semana que não terminou/ Retrato do Brasil – Marcos Gonçalves e Carlos Calil

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram

Vídeo: Livros – 1922: A semana que não terminou/ Retrato do Brasil – Marcos Gonçalves e Carlos Calil

Descrição: 

O jornalista Marcos Gonçalves dá vida aos personagens e descreve as famosas jornadas que animaram o Teatro Municipal nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro de 1922, durante o festival que ficou conhecido como Semana de Arte Moderna no livro “1922 – A semana que não terminou”. Ele fala ao programa Livros, juntamente com o ensaísta, cineasta e professor de cinema, rádio e televisão na ECA/USP, Carlos Augusto Machado Calil, que organizou a 10a edição do livro Retrato do Brasil, de Paulo Prado, que expõe cruamente as nossas mazelas e nos faz refletir sobre os nossos defeitos de formação e a tendência para a retórica na política, que, segundo ele, adia o enfrentamento da questão social. Os dois falam sobre a semana de arte moderna e a ligação de Paulo Prado com os jovens modernistas de 22. 

Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=QoU4-3ZmjMM 

 

Fonte: UNIVESP