Mulheres brasileiras em 1922: Luta por direitos e novos espaços sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram

Texto: Mulheres brasileiras em 1922: Luta por direitos e novos espaços sociais

Produção: Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) e Laboratório de Ensino e Material Didático (LEMAD)

Disponível em: https://www.bbm.usp.br/pt-br/3×22/kits-didaticos/mulheres-brasileiras-em-1922-luta-por-direitos-e-novos-espa%C3%A7os-sociais/ 

Descrição: 

No Brasil da década de 1920, o voto das mulheres era negado e as oportunidades de trabalho fora da vida doméstica ainda eram extremamente escassas. Apesar disso, acreditavam que tinham direito de lutar por novos espaços na vida social, na política e no mercado de trabalho e superar os papéis sociais que, durante séculos, lhes foram atribuídos: mães e donas de casa. Naquele contexto, a desigualdade de gênero passou a ser contestada por meio de organizações coletivas e atitudes individuais, com o objetivo de ocupar ambientes e postos de trabalho, antes exclusivos dos homens. […] Para estudar esse contexto de manifestações das mulheres por igualdade de direitos, apresentamos alguns documentos com a intenção de problematizar os limites das pautas e seus triunfos, ponderando se foram capazes de permitir que mulheres alcançassem a igualdade de gênero ou se essa busca ainda permanece atualmente.

Fonte: BBM