Gênesis: da sobrevivência à vida na periferia paulista

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram

Texto: Gênesis: da sobrevivência à vida na periferia paulista

Produção: Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) e Laboratório de Ensino e Material Didático (LEMAD)

Disponível em: https://www.bbm.usp.br/pt-br/3×22/kits-didaticos/g%C3%AAnesis-da-sobreviv%C3%AAncia-%C3%A0-vida-na-periferia-paulista/ 

 

Descrição: 

“Deus fez o mar, as árvore, as criança, o amor. O homem me deu a favela, o crack, a trairagem, as arma, as bebida. Eu?! Eu tenho uma Bíblia velha, uma pistola automática e um sentimento de revolta. Eu tô tentando sobreviver no inferno”(Gênesis, Racionais MC’s). Sobrevivendo no Inferno é um álbum que do início ao fim é marcado pela revolta, espiritualidade e cotidiano das periferias. Partir da referência deste álbum para este kit é um caminho de possibilidade de imersão do aluno, num primeiro momento, e de contestação de sua realidade, num segundo momento. A contestação e o pensamento crítico devem vir em compasso com o entendimento da nossa própria condição vivida, para isso, precisamos compreender o processo que a constituiu e os caminhos que foram construídos até o seu desdobramento. Por isso, o kit é apresentado neste sentido: apresentamos em um primeiro momento uma leitura da periferia pela ótica dos Racionais MC’s, em seguida entedemos a constituição e a motivação para o surgimento das periferias, e, para finalizar a narrativa que compõe as perguntas, entramos novamente no debate no álbum Sobrevivendo no Inferno. Em outras palavras, retroativamente, apresentamos uma narrativa que compõe o debate, a desdobramos a partir do surgimento desse tipo de condição de vida, para finalizarmos com a retomada da discussão inicial.

Fonte: BBM