Habitação Popular: Cortiços em São Paulo (1890-1940)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram

Texto: Habitação Popular: Cortiços em São Paulo (1890-1940)

Produção: Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) e Laboratório de Ensino e Material Didático (LEMAD)

Disponível em: https://www.bbm.usp.br/pt-br/3×22/kits-didaticos/habita%C3%A7%C3%A3o-popular-corti%C3%A7os-em-s%C3%A3o-paulo-1890-1940/ 

Descrição: 

O presente Kit Didático propõe questionamentos a respeito da qualidade de vida da população pobre em São Paulo, entre 1890 e 1940 a partir de uma seleção de documentos daquela época que, quando analisados criticamente, contam as dificuldades das famílias nos espaços onde moravam. Enquanto a riqueza das indústrias era canalizada para embelezar e reorganizar o centro antigo e determinados espaços da cidade em expansão, as famílias operárias não eram beneficiadas pela moderna urbanização. Tais famílias habitaram as regiões que foram se constituindo como periferias da cidade, em habitações coletivas, sobretudo os cortiços, foco dos documentos aqui apresentados.

Fonte: BBM