Outras centralidades | 1922: modernismos em debate

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram

Vídeo: Outras centralidades | 1922: modernismos em debate

Descrição:

Encontro 5 | OUTRAS CENTRALIDADES

A necessidade de uma reparação histórica quando se comemora o centenário da Semana de Arte Moderna é um dos temas do quinto encontro do ciclo ‘1922: modernismos em debate’. As conversas lançarão foco sobre o Nordeste, com sua vitalidade de manifestações culturais, mas também sobre Goiás, onde a linguagem modernista só se configuraria após a inauguração de Goiânia, em 1942, e ainda o Rio Grande do Sul, estado em que o modernismo encontrou seu lugar numa espécie de conciliação com a forte cultura regionalista dos pampas. Para fechar o encontro, uma comparação entre as vanguardas do Brasil e da Argentina nos anos 1920, e como cruzaram as fronteiras no Sul do país, tendo como veículo principal os periódicos da época.

 

A quem pertence o Brasil? Apropriações culturais entre ficções regionalistas e tradições étnico-raciais – Marcelo Campos (UERJ)

Um Modernismo no oeste brasileiro – Divino Sobral (artista, pesquisador e curador independente)

Mediação: Fernanda Pitta (Pinacoteca)

 

Rio Grande do Sul: modernidades em trânsito, Paula Ramos (UFRGS)

“Mas aqui a gente discursava no teatro, lá se matutava por uma revista…”: vanguardistas brasileiros e argentinos nos anos 1920, Gênese Andrade (FAAP)

Mediação: Edson Leite (MAC USP)

Mais informações em https://tinyurl.com/semana22emdebate

 

Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=J1RCEQFUExo

 

 

Fonte: MAC USP