Crônica da vida inteira: memórias da infância nas crônicas de Manuel Bandeira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram

Dissertação de Mestrado: Crônica da vida inteira: memórias da infância nas crônicas de Manuel Bandeira

Autor(a): Sylvia Tamie Anan

Ano: 2006

Orientador(a): Joaquim Alves de Aguiar

Unidade da USP: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH)

Disponível em: https://doi.org/10.11606/D.8.2006.tde-21052007-161100

 

Resumo:

Embora tradicionalmente vistas como textos menores da obra de Manuel Bandeira, suas crônicas para jornal apresentam uma riqueza particular, relacionada e ao mesmo tempo distinta de sua poesia: enquanto transportam para a prosa alguns dos principais temas de sua lírica, entre eles a memória de infância, conferem-lhes um outro tratamento que evidencia a sua presença no cotidiano do poeta, transcendendo o vínculo primário do gênero com o tempo presente. Seja nas crônicas sobre a vida cotidiana, seja naquelas em que o poeta faz crítica literária ou de artes plásticas, uma visão vinculada a um passado muito particular pode ser depreendida e iluminar facetas pouco exploradas de sua obra.

Palavras-chave: Literatura brasileira; Manuel Bandeira (1886-1968); Teoria literária.

 

Fonte: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP.